JavaScript is disabled!
To display this content, you need a JavaScript capable browser.

Ver Todos
Ver Todos

Ver Todos
Diocese da Guarda
http://www.diocesedaguarda.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/964985S___2014.JPGlink
http://www.diocesedaguarda.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/626228Aldeia_Nova_fresco.jpglink
http://www.diocesedaguarda.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/303449Torre_Terrenho.jpglink
http://www.diocesedaguarda.pt/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/124926Jo__o_O_Matos.JPGlink

Diocese da Guarda Nomeações - Ano pastoral 2014-2015 Publicam-se as nomeações de sacerdotes para diferentes serviços na Diocese e que vão vigorar a partir do início do ano pastoral 2014-15. Desejo, a

Ver Mais

Obras revelaram pintura de grandes dimensões provavelmente da Escola de Grão Vasco As obras realizadas na igreja matriz de Nossa Senhora da Conceição de Aldeia Nova, no concelho de Trancoso, revelaram

Ver Mais

Torre de Terrenho, Trancoso A Igreja de Nossa Senhora do Pranto, em Torre de Terrenho, concelho de Trancoso, foi classificada como monumento de interesse público por portaria publicada na quinta-feira, dia

Ver Mais

Manteigas A Festa anual da Liga dos Servos de Jesus vai decorrer em Manteigas, a 28 e 29 de Agosto. O programa começa com a reflexão espiritual para Servos Externos e

Ver Mais

Nomeações 2014 - 2015

Diocese da Guarda Nomeações - Ano pastoral 2014-2015 Publicam-se as nomeações de sacerdotes para diferentes serviços na Diocese e que vão vigorar a partir do início do ano pastoral 2014-15.
Desejo, a propósito, reconhecer e agradecer a generosidade dos nossos padres, mais uma vez manifestada nas mudanças que foi necessário efectuar. Peço às diferentes comunidades envolvidas nas mudanças que recebam bem os padres que lhes são enviados e àquelas a quem foi pedido para dispensarem os que as serviam que compreendam a necessidade de colocarmos o bem comum da Diocese acima dos interesses e gostos particulares. Peço também aos grupos de cooperadores pastorais das paróquias e conjuntos de paróquias que aprofundem cada vez mais a colaboração com os seus párocos. Procurem criar-lhes as condições necessárias para eles se poderem dedicar cada vez mais ao que lhes é específico, ou seja, ao anúncio da Palavra, promovendo a evangelização e à celebração da Fé, nas comunidades. Esforço que vamos considerar prioritário durante próximo ano pastoral é valorizar cada grupo de agentes pastorais no trabalho com o seu pároco. Que o Senhor abençoe todo o nosso trabalho, por intermédio de Maria Santíssima, no ano pastoral 2014-15. Nomeações: 1. Rev.do Padre Hélder José Tomás Lopes – Vice-Reitor do Seminário Maior. 2. Rev.do Padre Gilberto Joaquim Roque Antunes – Pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Silva de Castelejo. 3. Rev.do Padre André Manuel Esteves Roque – Pároco da Paróquia de S.to Amaro de Lavacolhos. 4. Rev.do Padre João André Gomes Marçalo – Pároco das paróquias de S. João Baptista de Alcaria, Nossa Senhora da Consolação de Peroviseu, S. Sebastião da Capinha, S. Bartolomeu do Salgueiro e S. Sebastião do Escarigo. 5. Rev.do Padre Rui Miguel Manique Nogueira – Pároco de S. Pedro “ad vincula” de Casegas. 6. Rev.dos Padres Carlos Manuel Dionísio de Sousa e Agostinho do Nascimento Rafael – Párocos in solidum da Paróquia de S. Martinho (Covilhã), sendo moderador o primeiro. O Rev.do Padre Agostinho do Nascimento Rafael cessa as mesmas funções para que estava nomeado na Paróquia de S.ta Maria e os Rev.dos Padres Fernando Brito dos Santos e Henrique Manuel Rodrigues e Diácono Manuel Nogueira Gonçalves cessam as funções para que estavam nomeados nesta Paróquia de S. Martinho. 7. Rev.do Padre Carlos Manuel Dionísio de Sousa – Pároco das paróquias de Santo André de Boidobra e Santa Maria Madalena do Peso. 8. Rev.do Padre Rafael Forjaz Mourão (SJ) – Pároco in solidum com o Rev.do Padre Manuel Freire Lobo Vaz Pato (SJ) da Paróquia de S. Pedro (Covilhã), sendo este o moderador. 9. Rev.do Padre Luís Miguel Pardal Freire – Pároco das Paróquias de Manteigas (Santa Maria e S. Pedro), S. João Baptista do Sameiro, Nossa Senhora da Anunciação de Vale de Amoreira e Santa Maria Maior de Valhelhas. 10. Rev.do Padre Hugo Alexandre Pichel Martins – Pároco das paróquias de Nossa Senhora d Graça de Freches, Nossa Senhora da Calçada de Carnicães e Santa Águeda de Torres; S. Miguel da Cogula, Nossa Senhora da Imaculada Conceição de Vale do Seixo, Nossa Senhora dos Prazeres de Vila Garcia e Espírito Santo dos Falachos. 11. Rev.do Padre Celso Rocha Marques – Pároco das paróquias de S. João Baptista da Granja e Nossa Senhora dos Milagres de Moimentinha. 12. Rev.do Padre Manuel Fernando Presa Valente – Pároco da paróquia de Santa Catarina do Reboleiro. 13. Rev.do Padre António Carlos dos Santos Martins – Pároco das paróquias de S. Julião de S. Gião, S. Pedro de Sandomil, S. Mamede de Vila Cova de Seia; S. Sebastião de Carragosela, S. Tiago e S. João Baptista de Sabugueiro. É seu cooperador pastoral o Rev.do Padre Jorge Gouveia. 14. Rev.do Padre Daniel José Tomé da Silva Cordeiro – Pároco das paróquias de Nossa Senhora do Rosário da Ruvina, S. João Baptista de Ruivós, S. Sebastião de Vale das Éguas, Santa Maria Madalena da Rapoula do Côa, Nossa Senhora do Rosário da Bismula, S. Bartolomeu de Badamalos e S. Pedro de Vilar Maior; director do centro de espiritualidade “D. João de Oliveira Matos”, com sede na Casa de Cristo Rei da Ruvina; membro do Secretariado Diocesano da Liturgia. Nota: O início destas novas responsabilidades pastorais será decido por acordo entre quem deixa e quem assume as mesmas funções, até ao final do mês de Setembro. Durante o mês de Agosto não se publica a agenda episcopal. Guarda e Paço Episcopal, 29 de julho de 2014 +Manuel R. Felício, Bispo da Guarda

Fresco renascentista encontrado na igreja matriz de Aldeia Nova

Obras revelaram pintura de grandes dimensões provavelmente da Escola de Grão Vasco As obras realizadas na igreja matriz de Nossa Senhora da Conceição de Aldeia Nova, no concelho de Trancoso, revelaram a existência de um grande fresco do século XVI a cobrir a parede da ousia. Trata-se de uma representação de Nossa Senhora entronizada, coroada por dois Anjos, com o Menino Jesus ao colo e acompanhada por dois anjos, um deles músico e o outro ofertante, tudo pintado no primeiro quartel do século XVI.
Para Vitor Serrão, Professor da Faculdade de Letras de Lisboa / historiador de arte, “a pintura da ousia da igreja de Aldeia Nova é de excelência, e as qualidades plásticas deste artista activo no reinado de D. Manuel I e, acaso, ao serviço da Diocese de Lamego, são por demais evidentes”. Refere também que “o Mestre de Aldeia Nova conhecia os estilemas da ‘escola’ viseense de Vasco Fernandes e desenvolve no recorte de figuras, na modelação dos valores e na perícia das matizes cromáticas um discurso erudito que remete para esses referenciais, para além da forte eficácia que o fresco comunica em termos de discurso espiritual”. Vitor Serrão lembra que “na igreja de Aldeia Viçosa (Guarda), não muito longe de Aldeia Nova, a oficina de Grão Vasco pintou um retábulo a óleo onde também se representa a Virgem com o Menino, entronizada e coroada e com música celeste de anjos acompanhantes”. E acrescenta: “A descoberta deste notabilíssimo fresco renascentista de Aldeia Nova impõe um processo especializado de consolidação e salvaguarda, e um trabalho muito delicado de conservação, limpeza, restauro e reintegração de lacunas, que a qualidade ímpar do fresco exige e que não deve, por questões de salvaguarda, ser protelado”. Os altares colaterais mostraram, também, existência de frescos quinhentistas por detrás dos altares barrocos em talha do século XVIII. Em declarações ao Jornal A GUARDA, o pároco, padre Alfredo Gabriel, disse que esses frescos “vão permanecer ocultos, já que o seu merecimento é inferior, e por razões de culto”. Nessas pinturas, entretanto tapadas pelos altares de talha, vislumbra-se uma Virgem em trono, com duas figuras de orantes, mas tudo muito repintado, e um ‘retábulo fingido’ com Santa Catarina ao centro, ladeada por São Sebastião e São Brás (?). Depois de ter dado conhecimento do achado à Comissão Diocesana de Arte Sacra, o Padre Alfredo Gabriel quer agora encontrar a melhor solução para proceder à conservação e restauro dos frescos. Por sua vez, Vitro Serrão explica que é importante que “o processo de conservação e restauro que se vai seguir seja desenvolvido com máxima competência, dado o valor absolutamente excepcional desta pintura quinhentista”. Para este especialista “a povoação de Aldeia Nova (Trancoso) passa a figurar, com este notabilíssimo achado, nas rotas do turismo cultural da Beira Alta”. Recorde-se que o concelho de Trancoso conta já com outros frescos relevantes na igreja de Nossa Senhora da Fresta, e na de Aldeia Velha, entre outros.

Igreja de Nossa Senhora do Pranto classificada como monumento de interesse público

Torre de Terrenho, Trancoso A Igreja de Nossa Senhora do Pranto, em Torre de Terrenho, concelho de Trancoso, foi classificada como monumento de interesse público por portaria publicada na quinta-feira, dia 24 de Julho, em Diário da República.
De acordo com a portaria, assinada pelo Secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, a Igreja de Nossa Senhora do Pranto “resulta da reconstrução setecentista de um anterior templo medieval, remontando aos séculos XIII-XIV, do qual restará apenas um portal axial, ainda que alterado”. Acrescenta que “apesar das fachadas rústicas e relativamente incaracterísticas, o interior conserva elementos de interesse artístico. A capela-mor, coberta por tecto de caixotões com molduras de talha enquadrando representações hagiográficas, destaca-se, como um relicário, do conjunto das singelas paredes lisas. O retábulo-mor, em talha dourada e cromada de estilo nacional, tem um elaborado remate com baldaquino que interrompe a talha da abóbada, e assenta em colunas torsas cobertas por pâmpanos. A estrutura arquitectónica dos retábulos colaterais revela, apesar da sua menor valia artística, a influência da tratadística de Vignola, recurso algo anacrónico, mas típico da fase de transição do maneirismo para o barroco nacional”. A classificação da Igreja Paroquial de Torre de Terrenho ocorre por reflectir os critérios relativos ao carácter matricial do bem, ao seu interesse como testemunho simbólico ou religioso, ao seu valor estético, técnico e material intrínseco, e à sua concepção arquitectónica e urbanística, de acordo com o documento. A portaria agora publicada também fixa a zona especial de protecção daquele monumento do concelho de Trancoso.

Festa da Liga dos Servos de Jesus

Manteigas A Festa anual da Liga dos Servos de Jesus vai decorrer em Manteigas, a 28 e 29 de Agosto.
O programa começa com a reflexão espiritual para Servos Externos e simpatizantes, no Centro Apostólico, entre as 10.00 e as 17.00 horas. Às 22.00 horas, terá lugar a M8issa de Acção de Graças, seguida de adoração, na Igreja de São Pedro (Manteigas). Às 23.45 horas terá lugar a procissão da Igreja para a Casa do Instituto de Educação Infantil, seguindo-se a vigília de oração em que participam as comunidades da Liga. No segundo dia, às 11.00 horas, o Bispo da guarda, D. Manuel Felício, preside à celebração da Missa, na Igreja de Santa Maria. Durante a tarde, a partir das 15.00 horas, haverá uma sessão solene no auditório do Centro Cívico de Manteigas.

Galeria Multimédia

JavaScript is disabled!
To display this content, you need a JavaScript capable browser.

Ver Todos
Ver Todos

Ver Todos

Receba a nossa newsletter:


Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

Festa da Liga dos Servos de Jesus

Manteigas A Festa anual da Liga dos Servos de Jesus vai decorrer em Manteigas, a 28 e 29 de Agosto.

continuar a ler...

Igreja de Nossa Senhora do Pranto classificada como monumento de interesse público

Torre de Terrenho, Trancoso A Igreja de Nossa Senhora do Pranto, em Torre de Terrenho, concelho de Trancoso, foi classificada como monumento de interesse público por portaria publicada na quinta-feira, dia 24 de Julho, em Diário da República.

continuar a ler...

Formação inicial na área da Pastoral da Saúde

Fátima A Coordenação Nacional de Capelães Hospitalares promove, de 29 de Setembro a 2 de Outubro, em Fátima, uma formação inicial na área da Pastoral da Saúde.

continuar a ler...
Consultar Arquivo de Notícias